O episódio de TVD “Stand By Me” arrancou nossos corações, vamos falar do quanto Nina Dobrev arrasou e mais 9 momentos importantes.

Nós provavelmente devíamos ter nos preparado para isso a meses, quando Elena declarou que Jeremy era a única coisa a mantendo sã, porque isso é TVD, e essa série nunca perde a oportunidade de fazer seus personagens desesperados e arrasados. O elenco já revelou em várias entrevistas que a morte de Jeremy é permanente, por isso imaginamos que o episódio da semana passada seria sem graça (qual o objetivo de um episódio sobre tentar salvar a vida de alguém se já sabemos que ele não irá voltar?), mas estávamos errados.

Quando os talentos de Julie Plec e Nina Dobrev se encontram, tudo é possível, e o episódio da semana passada, “Stand By Me”, foi inegavelmente o melhor da série até agora. Ele prova que a força de TVD está nas conexões emocionais e nos laços familiares, não nos romances. Temos muito o que falar sobre esse episódio, então vamos começar.

1. Nina Dobrev é um presente. Eu seria ingênua de não fazer esse tópico uma prioridade na lista de coisas para se discutir. Quem iria dizer que a mãe adolescente mais enjoada de “Degrassis’s” iria crescer para se tornar isso tudo? Do seu teimoso intento enquanto ela esperava que Jeremy acordasse, até sua cara horrorizada enquanto ela finalmente deixava as noticias se confirmarem, Elena foi esclarecida naquela noite. Deixando os nervos à flor da pele, Dobrev trouxe à vida a montanha-russa de emoções de Elena tão vividamente que foi impossível não sofrer com ela; todos nos sentimos totalmente afetados no final do episódio.

2. Elena desliga sua humanidade. Mesmo como vampira, Elena tem sido a humanidade da série. Apesar da sua seriedade ser irritante às vezes, seu coração partido e sua inegável compaixão tem evitado que o restante de seus amigos ficassem muito longe do seu caminho. Com a volta de Katherine, a desconexão de Elena do âmago de sua personagem será especialmente interessante, e apresentará um desafio novo para Dobrev. É interessante também porque, se presume que um vampiro sem humanidade pode não ser capaz de sentir o mesmo amor, pelo menos não com a mesma profundidade, que um vampiro sem humanidade. Isso pode ser um problema para seu romance com Damon.

3. Aquela ligação incômoda. Tem rolado muita discussão entre os fãs de TVD nesta temporada sobre a existência ou não de tal ligação. Sua falta de controle em alguns aspectos de sua vida não necessariamente é uma coisa ruim para alguns fãs; alguns veem isso como uma metáfora do que o amor pode fazer com uma pessoa, particularmente uma pessoa que está passando por alguma turbulência. Neste caso, é uma ferramenta brilhante para a construção de uma história. Nos impede de precisar de um pulo no tempo para ter o passado de Elena completamente paralisado pelo seu sofrimento.

4. Irmãos. Ver Elena perdendo Jeremy fez com que Stefan e Damon lembrassem que, apesar de tudo, eles tem sorte, porque ainda tem um ao outro. Stefan tem guardado um rancor contra Damon por presumivelmente estar tirando vantagem da ligação; Damon tem guardado um rancor contra Stefan por ele não estar sendo o companheiro que Damon quer que ele seja. Mas eles ainda tem um ao outro, e sua apreciação não falada disso foi um momento pivô em seu relacionamento. O que não significa que eles irão dormir em beliches e criar um clube do livro juntos, mas significa que eles estão de volta à chão firme, aliados ao invés de competidores.

5. Tyler continua longe, por enquanto. Foi absolutamente de cortar o coração ouvir Caroline implorar para que Tyler entrasse em contato com ela enquanto ele ignorava suas ligações. Ele prometeu que iria esquecê-la se eles não encontrassem uma maneira de se livrar de Klaus, não ignorá-la imediatamente e parar de tentar encontrar uma saída em menos de 24 horas. Triste, mas temos uma pequena boa notícia para os fãs de Forwood. Os protestos contra a saída de Michael Trevino parece que tiveram um impacto nos escritores da série. Eles mudaram de ideia! Podemos revelar que ele irá voltar para compartilhar mais um momento incrível com Caroline ainda nesta temporada. Suas vozes foram ouvidas!

6. Silas é Shane! Mais ou menos? Nós já vimos bruxas fazerem algumas mágicas com sangue para trocar corpos em TVD antes, mas nós nunca vimos alguém se transformar completamente na outra pessoa. É uma ótima maneira de mostrar o poder incomparável de Silas logo no começo, e também de colocar os talentos de David Alpay para melhor uso. Aqui estamos torcendo para que Rebekah consiga chegar com essa informação rapidamente em Mystic Falls.

7. Bonnie é uma notícia ruim. Suspiro. Se temos uma queixa sobre o episódio, é sobre Bonnie. Estamos torcendo que brevemente será revelado que Silas usou algum tipo de persuasão mágica para transformar Bonnie em uma cega seguidora, porque nesta temporada temos visto ela se tornar mais forte e mais inteligente, e foi frustrante ver ela se decair tanto. Até mesmo Elena conseguiu aceitar imediatamente que sacrificar 12 pessoas e trazer dos monstros mortos para salvar Jeremy não era uma opção; porque Bonnie foi convencida tão facilmente que era o certo a se fazer? Pareceu apressado. Dito isso, estamos intrigados pela ideia de uma Bonnie mais má, e podemos ver que a morte de Jeremy poderia ser o gatilho.

8. Senhoras e senhoras, Matt Donovan. Nós temos falado do quanto Matt Donovan é incrível a anos, então nos sentimos particularmente agradecidos no último episódio. Um dos melhores momentos mais incríveis da série foi quando Matt se desmanchou nos braços de Elena após saber da morte de Vicki. O último episódio foi um espelho perfeito daquele momento. A pequena viagem deles até o Stoner Pit e seu desmoronamento após isso, sozinho em sua caminhonete, nos levou ao lado humano da tragédia. Um garoto adolescente morreu. Um garoto que gostava de desenhar e fumava maconha às vezes e jogava em seu X-Box, que tinha acabado de colocar sua vida nos trilhos e conversava na internet com as garotas. Matt estava lá para nos lembrar que naquele momento Jeremy não era um poderoso caçador, Jeremy era um garoto.

9. A casa dos Gilbert se foi. Perder a casa marcou o fim de uma era para TVD. Elena literalmente não pode mais voltar para casa. Provavelmente não foi uma má ideia acabar com a casa; afinal, literalmente todo mundo que viveu ali, morreu em algum momento ou outro. É muita vibração ruim para um lugar só. Ouvimos que Elena irá se mudar oficialmente para a casa dos Salvatore… de novo. E apesar do momento de cumplicidade entre Stefan e Damon, ter Elena morando no final do corredor não fará as coisas serem particularmente mais fáceis para Stefan.

10. Adeus Jeremy. Aplausos para Steven R. McQueen por uma performace incrível durante esses quatro anos. Jeremy mudou e cresceu lindamente. Nós o vimos experimentar o amor e a perda, o sacrifício e o triunfo, e nós o vimos pegar um objeto e tornar-se mais forte. O trabalho que McQueen colocou nesta temporada realmente se destacou, e não estamos falando apenas dos seus braços. (Só um pouquinho) Nós todos iremos sentir muito a falta dele.

Qual cena mais tocou vocês? Escreva nos comentários.

E até o próximo episódio, vamos todos nos abraçar e chorar, ok?

Fonte: Zap2It

Tatiana Corrêa (@Tinana87) – Equipe Vampire Diaries Brasil- Não reproduza sem os créditos !