Linhagens – A família Petrova

The Vampire Diaries gira em torno da história da Doppelganger, da família Petrova. Tatia foi a primeira Petrova, e Katherine Pierce (ou Katerina Petrova) foi a primeira Doppelganger. E Elena Gilbert, a segunda. O sangue desses seres são úteis em todas as situações, serviu para Klaus quebrar a maldição e também para Esther achar meios de destruir os vampiros. Por medo de Klaus, por exemplo, Katherine forjou sua morte em 1864, e atualmente Klaus está atrás de Elena. Pouco sabemos ainda sobre a completa linhagem Petrova, aguardamos os próximos episódios!

TATIA – Durante a Idade Média, ela teve uma filha com um ainda desconhecido homem. Logo depois conheceu Ellijah e Niklaus, os quais se apaixonaram por ela, também lutaram por ela. Esther a usou para transformar seus filhos em vampiros, usou seu sangue como parte de um ritual. Mikael fez os meninos beberem o sangue da amada. O sangue de Tatia também foi usado para selar o lado lobisomem de Klaus. Tatia é tecnicamente igual a suas descendentes, Katherine e Elena.

O filho ou a filha de Tatia, deu origem a Katerina Petrova.

KATERINA PETROVA – Nasceu na Bulgária em 1475. Em 1490, teve uma filha ilegítima e foi expulsa de casa. Sua filha foi tirada dela. Antes de ser expulsa da Inglaterra, conheceu Trevor, que a apresentou ao Lorde Ellijah, e consequentemente, ao Lorde Niklaus. No começo, ela se encantou com Klaus, até descobrir o que ele realmente queria. Ela pediu ajuda a Trevor, que estava apaixonado por ela. Ela fugiu para onde ele lhe indicou, e lá conheceu Rose. Quando Rose descobriu que Katerina escapava de Klaus, e com a Selenita, ela a trancou e disse que iria entregá-la a Klaus. Katerina tentou cometer suicídio, mas Rose a transformou em vampira. Katherina escapou! Rose contou a Trevor que Katerina só tinha usado ele, os dois mais tardes iriam voltar a procurá-la. Katerina voltou à Bulgária, para encontrar sua família, mas esta já estava morta.

Depois de um tempo, Katerina foi para a América e mudou o nome para Katherine Pierce. Fez amigos, como Pearl e Anna, e salvou a vida da bruxa be Emily Bennett, forçando Emily a ficar em débito. Ela obrigou Emily a fazer uma joia especial chamada Lapis Lazuli, onde ela pudesse andar na luz do sol. Katherina se mudou para Mystic Falls, onde se hospedou na mansão dos Salvatore. Ela se apaixonou pelos dois irmãos da casa, Stefan e Damon.

Em 1864, as Famílias Fundadoras começaram a desconfiar da existência de vampiros na cidade novamente. Katherine não parou, disse que havia um plano. Dormiu com os dois Salvatore na mesma noite, os mordeu, e disse que os três ficariam juntos para sempre. Essa briga virou eterna. Stefan, contou a seu pai, Giuseppe, que acabou matando os dois filhos. Acordado, Stefan matou seu pai. Os vampires da cidade foram trancados na tumba, e Katherine escapou com a ajuda de George Lockwood em troca da Selenita. Os irmãos Salvatore passaram quase 150 anos achando que Katherine estava na tumba junto com os outros vampiros, enquanto ela estava se escondendo. Mais tarde, Katherine voltaria para perturbar, também voltaria para dizer que Stefan sempre foi o amor de sua vida. Não sabemos ainda o que Katherine quer exatamente, sabemos que ela tanto ajuda quanto atrapalha, e vive fugindo.

A filha de Katerina – Ela nasceu por volta de 1490 na Bulgária. Katerina deu a luz quando era jovem ainda, 14 a 15 anos. Os pais de Katerina desaprovaram o nascimento, e até hoje não se sabe o que aconteceu com essa menina. A filha dessa menina, deu origem a Isobel Flemming.

ISOBEL FLEMMING – Isobel é a mãe biológica de Elena. Ela foi casada com Alaric Saltzman, e foi morta e transformada em vampira por Damon Salvatore. Isobel foi mãe de Elena foi 16 anos, mas o pai de Elena é John Gilbert, o irmão do pai adotivo de Elena. Isobel é descendente da linhagem Petrova, mas pouco se sabe sobre seu relacionamento com Katherine, só que as duas se ajudavam. Isobel acabou tirando sua pedra de Lapis Lazuli que lhe protegia do sol, na frente de Elena e ironicamente, na frente de sua tumba.

.

 

ELENA GILBERT – Elena era uma garota normal do colégio, com amigos normais. Foi quando apareceu esse misterioso vampiro Stefan Salvatore, bem como seu irmão, Damon Salvatore. Era inacreditável sua semelhança com Katherine Pierce, a quem foi o eterno amor dos irmãos Salvatore.

A partir daí, ela teve que lidar com uma série de eventos sobrenaturais. Suas melhores amigas são uma bruxa e uma vampira, seu irmão pode ver fantasmas e sua única guardiã morreu em um ritual. Ainda se encontra presa em um triângulo amoroso com os irmãos Salvatore.

Pouco sabemos sobre a família verdadeira de Elena, ela foi adotada pelos Gilbert, e aprendemos mais sobre a história das famílias aos poucos.

Pelo valor de seu sangue, Elena é a chave para quebrar maldições, por isso seu envolvimento com a Família Original.

Já em seus 18 anos, foi descoberto uma grave doença no cérebro de Elena, o que levou a Meredith medicá-la com sangue de vampiro. Mas, pouco mais tarde, Rebekah a mataria, transformando assim Elena, em uma vampira, sem herdeiros.